SEGURO DE VIDA, o que você ainda não sabe…mas precisa saber

Escolhi esse tema muito especial para compartilhar com vocês no Blog e quero dividir a seriedade do mesmo, a importância que vejo como Planejadora Financeira Pessoal o fato de que você precisa se precaver e se proteger, ou seja como um alerta para o momento em que estamos passando, especialmente nesse ano desafiador e já pensando nos próximos.

Quem nunca ouviu falar sobre a importância de Seguro de Vida não é mesmo? Tenho certeza que você possui algumas crenças prontas sobre o assunto.

Você pode até me responder que tem um, seja do banco ou seja através de um financiamento e pode até confundir com o seu seguro de casa ou residencial.

O fato é que para tudo tem seguro, mas o que menos prestamos atenção é o da NOSSA VIDA.

Quero te chamar a uma reflexão dolorosa, mas que vai te convidar a dar um CLICK mental.

Imagine você com seu veículo novo passeando, zero, dos sonhos, e você orgulhoso por possuir seu seguro veicular, obviamente. Num acidente, numa perda total do veículo, provavelmente você está se sentindo de alguma forma consolado por estar assegurado. Eu sei bem disso, já passei por essa experiência dolorosa…

Imaginou?

Agora imagine que sua família está nesse veículo…

Não preciso nem terminar, sei que você está nesse momento impactado com sua imaginação e ao mesmo tempo chateado comigo por levá-lo a pensar nesse cenário.

O que quero te chamar atenção aqui é muito simples.

Objetos são valorosos é claro, mas a quem amamos é a principal questão que precisa ser abordada com todo carinho e respeito.

Quero deixar razões estratégicas para que você reflita nessa necessidade e algumas dicas para quem já possui seu seguro de vida, vamos lá?

Padrão de vida => Imagino que você gostaria de ter uma vida financeira melhor, mas, não pior, certo?

E eis a questão; ter um seguro que mantenha o recebimento da sua receita, quer seja num evento de invalidez temporária, doenças graves, internação ou acidente, onde estamos todos sujeitos, manteria com toda certeza seu padrão de vida financeiro enquanto você se restabelece.

Esses eventos surpresos trazem despesas que mesmo que você tenha reserva financeira, pode não ter o suficiente e em algum momento precisar desfazer do seu patrimônio aos poucos. Tudo começa com a reserva guardada, a venda do carro, da casa de veraneio… aposto que você conhece pessoas que passaram por isso.

Há coberturas tanto para profissionais e casos específicos onde você pode contar que vai conseguir manter suas despesas médicas por exemplo, sua internação, seus compromissos mensais sem precisar de desfazer dos seus bens ou fechar seu negócio.

Percebe aqui que falo de uma proteção em vida? Isso sem falar que você pode gerar uma reserva futura e pode resgatar se achar conveniente ou se as coberturas não fizerem mais sentido daqui a uns anos e você queira só curtir sua terceira idade.

Sucessão Patrimonial => Aqui é onde você precisa ficar super atento!

Pais e mães de família que assim como eu passam maior parte da vida pensando em como deixar nossos filhos e cônjuges bem, patrimonialmente falando. Não sei você, mas eu como mãe a todo tempo penso em manter minha família resguardada financeiramente na minha ausência.

Sim, não somos eternos…infelizmente.

A divisão de bens, inventário, são momentos dolorosos e muito dispendiosos.

Se você já presenciou ou conhece alguém que passou por isso, sabe que os custos dessa burocracia é no mínimo 20% sobre seu patrimônio construído em vida de modo geral, falando em impostos e taxas e jurídico também.

E a pergunta que faço a todo cliente é: VOCE TEM ESSES 20% reservado de forma líquida que seus familiares tenham acesso sem que precise entrar nesse mesmo inventário?

Ou você vai deixar dívidas para a família? Porque se seu patrimônio não tiver essa liquidez, provavelmente seus herdeiros irão precisar vende-los para custeá-los, loucura isso, não é? mas é desse jeito…

Percebe que nesse momento a gente está falando de perda financeira? De dilapidação de tudo que você construiu ao longo da vida?

A ideia de ter um produto que te protege no caso de uma ausência precoce com liquidez imediata, é conseguir garantir que seus familiares tenham uma dor a menos, das duas dores mais comuns num momento da falta, a dor da perda, porque a financeira, pelo menos essa seus familiares já estarão blindados.

Terceira idade com qualidade de vida => Essa é a melhor parte para você que se expos durante os principais ciclos da sua vida e se manteve protegido. Poder resgatar parte do que você contribuiu ao longo dos anos e aumentar seu patrimônio, já pensou nisso?

Pois é, essa é mais uma vantagem que você tem ao ter um Seguro de Vida Resgatável em Vida.

Percebe quantas vantagens, ou melhor, quantas coberturas você tem quando tem uma gestão inteligente do ativo mais importante da sua vida?

VOCÊ!

Não é sobre bens apenas, a importância que levanto aqui é de ter estratégias apropriadas para não os depreciar numa emergência ou ausência precoce e principalmente de você ter recursos financeiros numa necessidade inesperada em vida! Ter situações inesperadas e endividamento juntos, é no mínimo destrutivo a sua família.

Se você já possui Seguro de Vida, minha sugestão é que você revise suas coberturas o quanto antes, mas se você ainda não tem, não espere mais.

Faça uma cotação!

Eu posso te ajudar! Assim você vai perceber o quanto está ao seu alcance a proteção financeira que você precisa!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *