As 5 armadilhas que podem impedir seu Planejamento Financeiro

Todos sabemos que em algum momento da vida será necessário dar uma atenção a nossas finanças, não é verdade?

Por mais que você venha adiando esse momento, não vai dar para fazer isso para sempre, a não ser que você seja do tipo “deixa a vida me levar…”

Por isso eu quero te ajudar a identificar se você está caindo nas armadilhas que te impedem de dar esse primeiro passo, e o que fazer para virar esse jogo!

Armadilha 1

📍Não tenho tempo!
📍É difícil!
📍Não tenho dinheiro agora!
📍Não é prioridade!
📍Vou aguardar passar as festas, férias, feriados, carnaval…

Seria incrível curtir a vida sem se preocupar com dinheiro, não seria? E quem te disse que viver planejado é não curtir???
Quem se planeja curte assim como você, a diferença é que tudo está sob controle e as noites continuam bem dormidas pós festas, sem medo das surpresas, das faturas e cobranças!

Eu fui como VOCÊ, acredite! Ter auto consciência sobre minhas escolhas financeiras me acrescentou o poder de ir e vir sabendo que até nos momentos críticos, estou preparada e amparada por estratégias simples e que aumentam meu patrimônio enquanto durmo.

Então, o que fazer?
📍Admita que precisa encarar a situação de frente e mude seus hábitos com seu dinheiro.
Aqui no Blog tem um conteúdo super bacana te ajudando a dar o ponta pé inicial!!!

Armadilha 2

Esse é uma que insisto bastante:
📍Não controlar, conhecer o seu orçamento mensal te afasta dos seus objetivos e afeta sua paz em todos os sentidos!
Seu orçamento é coisa séria sabia?🤔

Quando a gente não sabe quanto gasta no dia a dia, a facilidade de se envolver em compras compulsivas, dívidas desnecessárias são enormes!

Imagine por exemplo, você que ama comprar sapatos? Aposto que toda vez que passa pela rua você não consegue aguentar a tentação, não é?!
E aquele lanche diário depois do trabalho? Faça a soma e descubra quanto custa na semana!? No mês!? Talvez você pudesse até trocar esse singelo prazer por algo que pareça distante e que você quer tanto. Algo que você acha que não consegue! Faz o exercício aí!

E para sanar essa dificuldade, aqui Blog tem uma planilha de controle de caixa completíssima para você baixar e começar logo!
Aproveita que ainda é janeiro e invista um tempo de qualidade em você mesmo! Aposto que você tem projetos no papel para realizar!!!

Armadilha 3

Essa é honestamente a que mais me identifiquei quando eu e minha família decidimos mudar nosso comportamento financeiro.

Se você e seu cônjuge ainda não dividem informações financeiras entre si, se ainda não planejam juntos, ou se tem metas muito distintas para uma vida em conjunto: CUIDADO! Isso se chama Infidelidade Financeira, mas tem jeito viu!

Vivi isso por longos anos e não gosto de pensar em quanto financeiramente nos atrasamos.
Hoje entendo quando dizem que “juntos somos mais fortes!”
E assim é a vida conjugal, inclusive nas finanças! Não é sobre quem administra, mas como administram e o que vocês sonham juntos, assim é possível medir os esforços de ambos para se chegar no objetivo final!

Se você vive nessa armadilha, minhas dicas são simples, mas eficaz:
📍Conversem entre si o mais rápido possível
📍Levantem cada um: suas receitas, despesas, dívidas, patrimônios, investimentos
📍Projetos: seja educacional, material, viagens
📍Exponham e registrem tudo e fiquem atentos que surpresas podem aparecer também!!

Armadilha 4 

Aqui é doloroso e infelizmente muito comum.

Sempre ouço a seguinte pergunta:
“Como posso fazer o Planejamento Financeiro se estou endividado?”

Não seria essa uma forte razão que faz você precisar de métodos que te ajudem a sair dessa situação imediatamente? Dívidas são problemas que começam pequenas na maioria das vezes, é como um vírus potente, que se não for eliminado de cara, se fortalece e se transforma em um problema grave! Um monstro!😱
Mas é reversível, apesar de tudo!

Quer um método rápido para começar a arrumar a casa?
📌Identifique o tamanho do problema, liste suas dívidas
📌Distribua e separe entre as taxas mais altas
📌Crie um plano de renegociação por eliminatória, comece com as que tem taxas mais caras
Assim você já segue uma rota onde vai poder ir eliminando uma por vez!
O mais importante aqui é: VOCÊ e a capacidade de ter RESILIÊNCIA e PACIÊNCIA.
Afinal, não foi em uma semana que você veio arrastando esse problema, então, é preciso dedicação para vencer esse momento! Não desista!


Armadilha 5
 

Aqui falo de uma potencial força para toda mudança que insisto que você tenha envolvido: A FAMÍLIA!
Falar em Planejamento Financeiro e não incluir as pessoas que vivem com você diretamente é como andar em círculos!
É perder a possibilidade de ter grandes aliados e aceleradores de resultados!

Imagine seus filhos, seu cônjuge, dependentes… todos compartilhando com você os projetos? Os sonhos? As dificuldades? Esse é o lance! Esse envolvimento acelera o resultado e, diga-se de passagem, aproxima!
É a possibilidade de falar a mesma língua, entende? Seja para a compra de uma TV nova ou a viajem das férias da família.

Então, o que te aconselho a fazer é:
📌Sente com sua família
📌Ouça a todos
📌Trace novos planos de organização financeira por projetos
📌Envolva a todos no processo de colaboração
📌E divirta-se no trajeto

Que tal começar agora a exercitar todos esses exercícios acima? Veja qual ou quais estão sendo seu calcanhar de aquiles e corte o mal pela raiz!

Use as armadilhas como força! Aposto que você verá resultados incríveis no trajeto!!!

 
 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *